Construção civil opera apenas 50% da capacidade em abril

Publicado em 25 de maio de 2020 às 11:13

Apenas 50% da capacidade operacional da indústria da construção civil foi utilizada durante o mês de abril. Este dado é da pesquisa feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostrando que o setor foi duramente impactado pela pandemia do COVID-19 com o número mais baixo desde 2012.

“Essa queda reflete os efeitos da crise provocada pelo coronavírus na atividade e não há dúvida de que a alta ociosidade da indústria deve permanecer enquanto durar o isolamento social”, diz o gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, em nota.

A Sondagem da Indústria da Construção avalia vários dados, calculados numa escala de 0 a 100. Os indicadores do nível de atividade e do número de empregados marcaram 29,4 pontos e 24,1 pontos, respectivamente – todo valor abaixo de 50 é considerado negativo. O Índice de Confiança do Consumidor também ficou longe do esperado, registrou apenas 3706 pontos no mês de maio.

Compartilhe essa notícia
Leia também
Construção civil em Teresina será retomada
Instabilidade econômica favorece investimento em imóvel
CBIC faz avaliação preliminar dos efeitos da pandemia
CBIC apresenta Indicadores Imobiliários Nacionais do 1° trimestre
Locação em São Paulo sente impacto da pandemia
Bolsonaro: construção civil é atividade essencial
Pesquisa aponta queda na atividade da construção civil
Construção Civil perdeu 440 mil ocupações no primeiro trimestre do ano
Rio de Janeiro adota medidas para manter construção na ativa
Secovis do Brasil lançam vídeo sobre segmento imobiliário