Governo destina R$5,5 milhões para saneamento básico

Publicado em 25 de maio de 2020 às 13:47

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai pagar o pagamento de R$ 5,5 milhões para obras de saneamento básico em nove estados. Nesta sexta-feira 22, o MDR liberou o pagamento dos recursos e mais da metade deles serão para os municípios baianos de Euclides da Cunha e Monte Santo, que receberão R$ 2,9 milhões para obras para abastecimento de água.

Municípios de São Paulo, Bahia, Pernambuco, Tocantins, Minas Gerais, Pará, Piauí, Mato Grosso do Sul e Paraíba também terão recursos para dar continuidade a empreendimentos. Os investimentos são destinados a ações de abastecimento de água, esgotamento sanitário, saneamento integrado, manejo de águas pluviais, além de estudos e projetos na área de saneamento básico.

O secretário Nacional de Saneamento, Pedro Maranhão, destacou que as obras proporcionarão mais qualidade de vida para a população e contribuirão com o aquecimento da economia local. “São obras muito importantes para esses municípios. Além de garantir os empregos atuais, elas também têm a capacidade de gerar novos empregos nesse período tão difícil causado pela pandemia da Covid-19”, disse o secretário.

Municípios atendidos

Já para saneamento integrado, serão beneficiadas as cidades de Palmas, em Tocantins (R$ 152 mil); São Bernardo do Campo (R$ 319 mil), em São Paulo; e Teresina, no Piauí (R$ 262 mil).

Olinda, em Pernambuco (R$ 760 mil) e Botucatu, em São Paulo (R$ 425 mil) vão investir em obras de manejo de águas pluviais, como drenagens em canais e córregos. Já Dourados, no Mato Grosso do Sul (R$ 412 mil); João Pessoa, na Paraíba (R$ 113 mil); e Itaúna, Minas Gerais (R$ 50 mil), os recursos são destinados à implantação ou ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Em Itaituba, no Pará, os R$ 29 mil estão sendo repassados para a elaboração de projetos do sistema de esgoto.

A responsabilidade pela execução é dos estados e municípios e os pagamentos são realizados de acordo com a execução dos empreendimentos.

Carteira de obras e projetos

Atualmente, a carteira de obras e projetos do MDR na área – contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados – é de R$ 24,5 bilhões para financiamentos e de R$ 21,2 bilhões para o OGU.

Compartilhe essa notícia
Leia também
Maceió muda de fase e parte do comércio reabre
As praias de Fernando de Noronha já estão abertas
São Paulo vai multar pessoas sem máscaras nas ruas
ANS obriga planos de saúde a incluir testes de COVID-19
Uso obrigatório de máscaras foi aprovado pela Câmara
Rio: lei estabelece novas regras para serviços de delivery em condomínios
Capital paulista em 52% de isolamento social
Óticas de Brasília reabrem atendimento presencial ao público
Farmácias em SP oferecem vacinação gratuita contra Influenza
Fecomércio-DF orienta consumidores a apoiar as empresas da cidade