Maceió muda de fase e parte do comércio reabre

Publicado em 1 de julho de 2020 às 18:57

Centro de Maceió Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Após mais de 100 dias de portas fechadas, o comércio de Maceió vai reabrir as portas ao público presencial. O governador Renan Filho assinou um novo decreto e a capital alagoana passou da fase vermelha para a fase laranja. Isto significa que as atividades econômicas serão retomadas, mas devem cumprir as exigências dos protocolos sanitários.

A partir desta sexta-feira (3), salões de beleza e barbearias (com 50% da capacidade de atendimento), lojas de rua de até 400 m², templos, igrejas e demais instituições religiosas (com 30% da sua capacidade) passam a ter seu funcionamento permitido.

Pelas regras do protocolo sanitário publicado no Diário Oficial do Estado, os estabelecimentos comerciais devem exigir o uso obrigatório de máscaras, disponibilizar álcool gel 70% para os clientes e funcionários, anteparo de proteção para os caixas, marcações no chão para distanciamento a ser seguido, controle de fluxo de pessoas e orientações aos funcionários.

“Por sucessivas semanas Maceió apresentou uma queda em diversos índices da Covid-19, coletados a partir da análise da Matriz de Risco do Estado, o que permitiu uma retomada segura e gradual de alguns segmentos da nossa economia. Com isso, eles precisarão atender às regras estabelecidas no Protocolo Sanitário e, nesse momento, contaremos com o papel fundamental do consumidor, que será um grande aliado do Governo de Alagoas na fiscalização dos estabelecimentos. É apenas dessa forma, trabalhando integradamente, que conseguiremos combater a doença no nosso estado” ressaltou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

 

Compartilhe essa notícia
Leia também
Ação AVC realizará evento online e gratuito para acometidos pelo AVC
Governo sanciona lei que obriga uso de máscaras
São Paulo reabre bares e restaurantes
Lei que isenta IPTU de clínicas de animais abandonados é mantida
Shopping permite carros nos corredores
DF autoriza reabertura de bares e escolas
As praias de Fernando de Noronha já estão abertas
São Paulo vai multar pessoas sem máscaras nas ruas
ANS obriga planos de saúde a incluir testes de COVID-19
Governo destina R$5,5 milhões para saneamento básico