Xanddy comenta sobre aglomeração em condomínio de luxo

Publicado em 6 de julho de 2020 às 14:50

O cantor de axé, Xanddy, vocalista da banda Harmonia do Samba, se pronunciou sobre a aglomeração de pessoas num condomínio de luxo na Bahia para curtir a live do grupo. A banda baiana escolheu uma casa em Camaçari, no litoral norte da Bahia, para realizar o show virtual neste domingo (5).

“Gente, essa casa foi escolhida no condomínio Interlagos, no litoral norte, para a gente fazer nossa live, pela disposição da estrutura dela e ela tinha esse visual do lago também, afinal é muito bonito. Mas o que nós não imaginávamos, eu não imaginava, era que os moradores iam sair de suas casas, dentro do condomínio, para ir assistir dali a live”, comentou o cantor em suas redes sociais.

Muitos vizinhos se aglomeraram pelo acesso ao lago em pranchas e caiaques e postaram em suas redes sociais. A polêmica logo se instalou nas redes sociais. Muitos fãs chegaram a questionar a aglomeração em uma postagem da banda.

“A piscina da casa onde a Live ocorreu estava vazia como é possível ver nas imagens da Live. Realizamos a Live com equipe reduzida e todas as medidas cabíveis de proteção com a equipe de trabalho e protocolo de não aglomeração foram tomadas pela banda. Escolhemos um local afastado, sem grande movimentação. A Live foi realizada em uma casa que fica em um condômino de Interlagos. E, mesmo a casa dando acesso a um lago que os resistentes do condômino podem circular com caiaques e etc, não imaginávamos que os moradores iam sair de suas casas, por vontade própria, em plena pandemia. Não temos como nos responsabilizar pelo comportamento das pessoas que não fazem parte da equipe. É questão da consciência de cada um”, disse em nota a assessoria de imprensa do grupo musical.

Na Bahia já foram confirmados quase 90 mil casos de infectados pela doença desde o início da crise sanitária. Destes, mais de dois mil não resistiram e faleceram. O cantor fez questão de ressaltar a importância de ficar em casa neste momento de pandemia do COVID-19.

“É importante frisar, gente, que a nossa live e as outras lives estão sendo feitas também, estão sendo feitas para que as pessoas assistam de casa. Não é para sair de suas casas. Eu não ia imaginar, nem a minha equipe ia imaginar que isso ia acontecer”,  informou Xanddy, acrescentando que “fica aí a lição para todos, para quem esteve lá ontem, que se expuseram, fica para a gente também e fica para todo mundo que ainda está vivendo aí e, de certa forma, arriscando suas vidas. Não só suas vidas, mas a do próximo também. A vida de outras pessoas e, inclusive, é aí que tem que existir a consciência”.

 

 

Compartilhe essa notícia
Leia também
Estádio de futebol vira condomínio de luxo
Pandemia muda comportamento em condomínios
Aluguel: quem paga reforma, conserto, IPTU: dono ou inquilino?
É lei! Síndicos devem comunicar violência contra a mulher
Justiça profere decisões relativas a condomínios em São Paulo
Noite de sax alegra moradores de condomínio
Alagoas realiza assembleia digital em condomínio pela 1ª vez
Justiça garante circulação de cão em áreas comuns de condomínio
Projeto de Lei estabelece medidas restritivas em condomínio
Administradoras de condomínio em tempos de pandemia