PROJETO ARQUITETÔNICO

Uso de pré-fabricados é grande aliadado da arquitetura

Publicado em 10 de abril de 2019 às 14:31

A construção civil moderna tem se preocupado cada vez mais em promover projetos que atendam as exigências de um público consumidor mais atento e informado. Os projetos arquitetônicos seguem a mesma tendência, na busca por novas referências, materiais e ferramentas que possam aprimorar a qualidade de vida das cidades e dos entornos construídos.

Urgências ambientais, projetos inclusivos e sustentáveis, são alguns dos temas incorporados pelos profissionais do setor da construção e arquitetura. O desafio está posto: construções mais limpas, rápidas, com custo baixo, criativas e eficientes que se adaptem aos anseios de um público consumir em transformação.

Nesse sentido, elementos pré-fabricados têm sido grandes aliados da eficiência. Com o uso bastante variável, podem ser empregados em praticamento todos os elementos construtivos, como fechamentos, estruturas de janelas e cobertas. Ou seja, a utilização do pré-fabricado –  por exemplo a construção com containers, onde as estruturas são renovadas e adaptadas –, resulta em projetos com execução mais rápida e com menos desperdício de material.

Casa Minimod, em Porto Alegre. | Fonte: Leonardo Fiotti

O uso dos pré-fabricados se intensificou a partir de 1950, depois da devastação causada pela 2ª Guerra Mundia. Diante do ocorrido, foi necessário adotar um método construtivo mais prático e de baixo custo para reerguer as construções destruídas.

Compartilhe essa notícia
Leia também
Casa de Bruna Marquezine vire meme
Pandemia pode mudar padrões arquitetônicos
Atriz Letícia Colin posta foto de sua cozinha
Projeto brasileiro ganha prêmio em Paris
Varanda goumert é tendência no mercado imobiliário
CASACOR: novas ideias para espantar a mesmice
Contagem regressiva para a 33ª CASACOR São Paulo
MDW 2019 apresenta lançamentos do design mundial
Bella Falconi abre portas do novo apartamento
CAU produz material de educação urbanística para crianças